domingo

Não vou cá escrever nada pseudo-épico. Só me apetece estar aqui sozinho a escrever qualquer coisinha, tinha saudades de escrever embora não saiba bem o que dizer. Não dá vontade de gritar? Dá sim, não abanes já a cabeça. O melhor é que aprendi, errei, acendi mais um cigarro e voltei a errar. Não sei se é mais fácil morrer ou viver. Como será morrer?

Sem comentários: