quarta-feira

O Principezinho

"Na altura não fui capaz de compreender nada! Devia tê-la avaliado pelos actos e não pelas palavras. Ela perfumava-me e iluminava-me. Nunca devia ter fugido! Devia ter adivinhado a sua ternura por trás das suas pobres astúcias. As flores são tão contraditórias! Mas era demasiado jovem para saber amar."

1 comentário:

Estrela disse...

" Amar uma flor de que só há um exemplar em milhões e milhões de estrelas basta para uma pessoa se sentir feliz quando olha para elas. Porque pensa:"Ali está ela, lá no alto, a minha flor...". "

O Principezinho