quarta-feira

Reciclagem

Ultimamente sempre que vou meter as coisinhas nos ecopontos e apanho alguém a meter um saco cheio de lixo e laranjas no contentor costumo receber olhares indiscretos sempre com um ar de desconfiança como quem pergunta "Mas o que é que ele está a fazer?". Óbvio, reciclo.
No outro dia ouvi uma conversa entre duas vizinhas bastante interessante, não me lembro de todos os pormenores mas o crú da mensagem ainda a consigo citar:
- Eu estou farta destas ecopontos.
- Ai nem me diga nada, só servem para roubar lugares de estacionamento.
- A minha filha trabalha naquela coisa que eles lá têm para separar o lixo, e as pessoas que reciclam estão a tirar o trabalho à minha filha.

Ora, eu não sei mas, tenho quase a certeza de que se a sociedade funcionasse como devia acho que não se devia ter que pagar a ninguém para separar o lixo, a meu ver reciclar devia ser o dever de todos e nunca o trabalho de alguém.

Sem comentários: