sábado

Hoje foi perfeito

Sinto que já não estou ao teu nível, sinto que as expressões faciais ficam presas quando tento fazer-me passar por alguém que não sou para te agradar e quando sinto que reparaste que me estou a forçar em demasia desvio o olhar e tento esconder a vergonha de ter sido descoberto.
Esforço-me tanto para conseguir ser aquele que queres que eu seja ou mesmo aquele que te poderá agradar mas cada vez mais vejo que não consigo e tenho medo que te esqueças de mim, tenho medo que me ponhas para trás por já não te conseguir apanhar no raciocínio ou na maneira de estar e lidar com a vida e com os problemas que ela nos traz, tenho medo que me ponhas para trás por não conseguir aproveitar a vida como tu fazes, tenho medo que me vejas como alguém que já não te vai conseguir dar nada de novo.
Quero contigo morder o lábio e aproveitar a viagem sem ter medo de escorregar, quero contigo ser tanto, quero perder o medo contigo, quero amar contigo, quero aproveitar contigo, quero amar-te porque hoje apercebi-me que não sei fazer mais nada.

Sem comentários: