quinta-feira

15 minutos de ti

Acendi o incenso e fechei a janela do quarto, quero um ambiente bem cheiroso, calmo, tranquilo, formidável. Enrolei um cigarro muito calmamente, vesti uma roupa mais larga sentei-me frente ao computador abri a pasta dos FF e escolhi a "Learn To Fly", tu um dia prometeste que me ias ensinar a voar e juro que te vou fazer cumprir essa promessa.
Adicionei a "There Goes My Hero" e a "Times Like These", levantei-me da cadeira e comecei a dançar. Durante quase 15 minutos dancei contigo sem estares ao pé de mim, fumei apenas porque não estavas ao pé de mim até porque te prometi que não fumo ao pé de ti, durante 15 minutos fechei-me no meu quarto, durante 15 minutos fechei-me num mundo só meu, só nosso, onde só estavamos nós os dois, durante 15 minutos foste minha, durante 15 minutos fomos os dois apenas um sem estarmos juntos, durante 15 minutos disse-te tudo, fiz-te tudo, mimei-te com todas as minhas armas, toquei-te em todos os sentidos, durante 15 minutos amei-te, durante 15 minutos vivi só para ti.
São momentos como estes que nos ensinam a aprender, são momentos como este que nos dão vontade de amar e de chorar, de correr e gritar, são momentos como este que dão vontade de fugir sem saber bem para onde apenas com a sensação de querer descobrir algo novo, algo simplesmente algo. São momentos como este que eu sinto sempre que sorris, sempre que me olhas, sempre que te vejo, são momentos como este que tu me fazes sentir sempre que estou a teu lado.
Durante 15 minutos fui divino, durante 15 minutos voei e apreciei, durante 15 minutos fui algo e fui alguém, fui qualquer coisa sei que fui qualquer coisa, durante 15 minutos senti o que sinto contigo em apenas dois segundos, durante 15 minutos senti que me amaste.

1 comentário:

Anonymous disse...

oi, sei não deves te lembrar de quem sou, mas eu lembro-me de ti.
e sempre admirei a tua escrita, espero que nunca deixes de escrever. porque eu gosto de te ler.
cátia