domingo

Isn't that funny

Estou farto que me vejam como descartável. Eu não espero nem quero que mudem, muito menos por mim, mas não admito que me vejam como alguém com quem acham engraçado falar quando estão mal, quando se chatearam com alguma coisa ou com alguém.
Estou farto de ser aquela pessoa que só serve para apoio de alguém quando estão a necessitar de ajuda, porque parece que quando estão bem eu não existo.
Eu falo com vocês esteja bem ou mal, esteja a rir ou a chorar, procuro-vos não apenas quando estou mal, e procuro-vos mais vezes quando estou bem, para não terem que aturar com o meu feitio quando não estou bem disposto ou chateado com alguma coisa.

Para um homem, não foder com a rapariga que acabou de conhecer, é uma noite para esquecer, e para uma mulher, foder com um rapaz que acabou de conhecer, é uma noite para esquecer. Isto é meio estúpido, mas não deixa de ser verdade.

Mais estúpido, mas mesmo mesmo muito estúpido, são vossas lamurias quando ele vos mete um belíssimo par de cornos. Durante uma semana ele é o gajo mais nojento do mundo porque vos traiu com alguém mais gorda. Vocês, na vossa depressão e tristeza, comem! E como que por milagre, passado uma semana ele pede desculpa, e vocês com um cheseecake na mão, aceitam o pedido.

No outro lado, o gajo que vos traiu, traiu-vos porque tinha recebido uma SMS de alguém a dizer que vos tinha visto a meter-lhe os cornos, quando na verdade a SMS é uma mentira, o gajo que lhe enviou a SMS tem inveja dele porque queria andar com vocês. Ora, ele (o traído), na sua masculinidade perfeita e fã dos morangos com açúcar, mete-vos os cornos com a vossa prima para vos fazer inveja.

Ele resolve pedir-vos desculpa, quando a prima da vossa prima, vos conta que a vossa prima enviou-lhe uma mensagem a dizer que vos tinha visto a meter-lhe os cornos, só para ficar com o vosso namorado.
Por força das estatísticas, a culpada é sempre a prima.

Este é um dos muitos casos que já passaram pelo meu consultório online, ao que eu chamo: Mas Será Normal? (MSN). O que é engraçado no meio disto tudo meus caros amigos e amigas, é que eu não sou de maneira algum psicólogo, foda-se nem sequer acabei o 12º ano, mas sou com toda a certeza vosso amigo.
Portanto, se só e apenas me vêm como alguém que serve como mera escapatória emocional para os vossos pares de cornos semanais, não vale a pena falarem mais comigo.

2 comentários:

Joana Canas disse...

deixa lá tribe, eu tb nao tenho o 12º ms ja sou douturado em sexologia xD

Joana Canas disse...

sim, nao é fofo? ;$ IMPORTASTE DE ACEITAR OS MEUS COMENTÁRIOS? obrigado