sexta-feira

PS: Este é o post nº 60!

As mulheres.. Por Jerry Seinfeld

Até hoje pensava que a pior frase que podia ouvir de uma rapariga era "Temos que falar...". Mas não! A pior frase de todas é: "Eu também gosto de ti... mas como amigo." Isto significa que para ela tu és o mais simpático do mundo aquele que melhor a compreende, o mais dedicado... mas nunca vai sair contigo. Vai sair com um gajo nojento que apenas quer ir para a cama com ela.

Aí sim, quando o outro lhe faça alguma das dele, ela chamar-te-á
para pedir-te conselhos. É como se fosses a uma entrevista de trabalho e te dissessem: "Você é a pessoa ideal para o posto, tem o melhor currículo, é o que está melhor preparado... mas não vamos contratá-lo. Vamos contratar um incompetente. Só lhe pedimos uma coisa, quando
esse gajo fizer asneira, podemos chamá-lo para tirar-nos da embrulhada em que ele nos meteu?"

Eu pergunto: o que é que fiz mal? Fomos ao cinema, rimo-nos, passámos horas em cafés... e depois de quantos cafés ficámos amigos de verdade? Depois de cinco? Seis? Com um café menos e tinha ido para a cama com ela!!

Para as mulheres, um amigo rege-se pelas mesmas normas de um Tampax:
podem ir para a piscina com ele; podem montar a cavalo; podem dançar...; mas, a única coisa que não podem fazer com ele é ter relações sexuais.
Ainda por cima, bem vistas as coisas... se para uma mulher considerar-te "seu amigo" consiste em arruinar a tua vida sexual, o que fará ela com os inimigos?

A mim parece-me muito bem que sejamos amigos, o que não percebo é porque é que não podemos ir para a cama como amigos".

Eu penso que a amizade entre homens e mulheres não existe, porque se existisse saber-se-ia. O que acontece é que quando ela te diz que gosta de ti como amigo, para ela significa isso e ponto.
Mas para ti não.
Para ti quer dizer que se numa noite estão na praia, ela já com uns copos, está lua cheia, os planetas estão alinhados e um meteorito ameaça a Terra... podias muito bem ir para a cama com ela!! Por isso engoles...

Por isso nunca perdes a esperança. Ela sai com o Joe? Isso vai acabar. E quando isso acontecer, tu atacas com a técnica de consolador: "Não chores, o Joe era um chulo. Tu mereces muito melhor,alguém que te compreenda, alguém que esteja no sítio certo quando tu precisas,
que seja baixito, que seja moreno, que não seja muito bonito, que se chame John... COMO EU!!"

Pelo menos, sendo amigo podes meter nojo para
eliminar concorrência.
É a
técnica da "lagarta nojenta". Quando ela te diz:
- Que simpático é o Paul, não é?
- O Paul? É muito simpático... só é pena ser
um pouco estrábico.
- Ele não é estrábico, o que tem é um olhar
muito ternurento.
- Sim, tens razão. No outro dia reparei nisso
quando olhava para a
Marta.
- Não estava a olhar para a Marta, estava a
olhar para mim!
- Vês como é estrábico?

O cúmulo dos cúmulos é o facto dela considerar
ter uma relação
"super
especial" contigo quando pode dormir na mesma
cama sem que se passe
nada.
COMO É QUE É??!! Então o "super especial" não
seria que se passasse
algo?!
Um dia depois de uma festa, tu ficas a ajudá-la
a limpar, como fazes
SEMPRE,
e quando acabam, ela diz:
- UH! Que tarde. Porque é que não ficas cá a
dormir?
- E onde é que durmo?
- Na minha cama.

Aí, até te tremem as pernas. "Esta é a minha
noite, alinharam-se os
planetas!". Passados uns minutos, dás-te conta
que não são
precisamente os
planetas que se alinharam, porque ela, como são
amigos, com toda a
confiança
fica em roupa interior e tu, pelo que vês,
pensas: "Vou ter que
ficar de
boxers. Com todo o alinhamento de planetas que
tenho em cima..." E,
assim
que te metes na cama, dobras os joelhos para
dissimular. Ela mete-se
na cama
dá-te uma palmada no rabo e diz-te: "Até
amanhã". E põe-se a dormir!
"COMO É
QUE É??!! Como é que se pode pôr no ronco tão
cedo? E esta fulana
não reza
nem nada?"

Estás na cama com a rapariga dos teus sonhos. No
início nem te
atreves a
mexer, para não tocar em nada. Sabes que se
nesse momento fizessem
um
concurso, ninguém te podia ganhar: és o gajo
mais quente do mundo. E
como é
longa a noite! Vêm-te à cabeça um monte de
perguntas: "Tocar uma
mama com o
ombro será de mau amigo? E se é a mama que toca
em mim?"

Mas depois de muitas horas, já só fazes uma
pergunta: "SEREI
REALMENTE UM
MANSO?!" Não podes acreditar que estás na mesma
cama e não se vai
passar
nada. Confias que, a qualquer altura, ela vai dar
a volta e dizer:
"Anda
lorpa, que já sofreste bastante. Possui-me!" Mas
não. Para as
mulheres
parece que nunca sofremos o suficiente. E como
sofres... porque tens
todo o
sangue do corpo acumulado no mesmo sítio. Já
houve mesmo casos de
homens que
rebentaram.

Mas ainda não acabou a tua humilhação. Às 7
da manhã tocam à
campainha:
- AH! É o Joe!
- O Joe? Mas ele não te tinha deixado?
- Depois conto-te tudo. Estou com pressa.
Esqueci-me de dizer-te que
o Joe
ia trazer o cão. Como vamos à praia eu
disse-lhe que ficando contigo
o cão
não podia estar em melhores mãos. Porque tu és
um amigo! Estás com
má cara.
Dormiste bem?

E aí ficas tu com o cão, que esse sim é o
melhor amigo do homem.

JERRY SEINFELD

1 comentário:

Inês_mif disse...

LOLOLOLOL

Tu es de mais! lol
Nao é teu, mas é demais! lol
Pois... as mulheres sao um bokado estranhas, mas os homens tambem... No fundo ate nos proprios nos axamos estranhos.

Kixes**