terça-feira

Melhor amiga

A vida, é algo precioso.. e mesmo que vivamos mais do que uma vez, mesmo que morramos hoje, e voltemos a reencarnar amanhã, vamos sempre lembrar-nos apenas do que estamos actualmente a viver.
Tu já foste mais extrovertida do que és agora, na altura em que namorávamos, mas essa fase já passou, agora estás numa fase em que descobriste as relações sexuais e é normal que te sintas um pouco eufórica, mas isso não quer dizer que fiques nessa fase para sempre.
É normal que já tenhas ouvido centenas de vezes o que te vou dizer, mas tu não és burra, nem parva, tu és esperta, és inteligente, e tens capacidades, e sabes disso, mas por causa de teres tido sempre esse tipo de 'apoio' - e talvez por causa disso te tenhas desleixado um pouco nos estudos porque pensas "epah.. eu sei que tenho capacidades para fazer isto, mas não me apetece fazer isto porque muito sinceramente isto não me interessa" - é assim que tu és, não nasceste para ser marrona, para seres daquelas meninas que marram nos livros e tiram grandes notas, és um bocado apanhada do sistema, mas se não fosses assim (sinceramente) - não gostava assim tanto de ti :P

Agarra-te ao que és hoje, mas não faças demasiada merda, para que mais tarde no futuro, não seja difícil desfazê-la.
Tu achas que não estás bem na situação escolar em que te encontras, se calhar é verdade, se calhar (quiçá..) precisas de te esforçar mais um bocadinho, porque tu queres que a tua mãe se orgulhe dos teus feitos, queres levar para casar testes com boas notas, infelizmente não é o caso, mas não deixes que isso te deite abaixo, tu tens 15 aninhos, ainda não viveste metade do que tens para viver, e já passaste por muita coisa, então imagina quando tiveres 20/30/40 ai sim, é que vai doer, mas tens que te sentir preparada para enfrentares o que vem depois.
Defines-te como uma rapariga com falta de atenção e irresponsável, mas não te culpes por isso, tens 15 anos, não podes ser hoje o que vais ser amanhã, dá tempo ao tempo, mas não te atrases ;)

É sempre fodido alguém meter-se na nossa vida, e querer ser mais do que é, querer dizer mais do que sabe, e no fim só diz merda, esse tipo de pessoas que te querem ajudar, mas que só te tentam ajudar para se enganarem a si mesmos dizendo "fogo eu sou muita bom a ajudar o pessoal" - quando no fundo assim que tiverem uma oportunidade para se safar e se para isso houver necessidade para te dar uma facada nas costas não pensam duas vezes.

O Ser humano é falso, faz parte de nós, somos falsos, quer queiramos quer não, somos falsos!
Nós somos o animal mais repugnante que já pisou a face da terra, os animais não são falsos, eles seguem o instinto animal para a sobrevivência, nós seguimos o instinto para nos safarmos, para subirmos na vida, para tentarmos dar a parecer mais do que aquilo que somos.
Eu já posso ter sido falso para ti, eu já posso ter tido algum tipo de acção contigo que não gostaste, já te posso ter dito coisas que não querias ter ouvido, daí ser muito bom avaliar as situações e as falas antes de as fazer ou dizer.
Qualquer um de nós, se tiver que dar uma facada no melhor amigo para subir na vida, para ganhar qualquer coisa, para simplesmente nos safarmos de qualquer coisa que nos esteja a causar uma grande dose de aflição, DAMOS, DAMOS, DAMOS E DAMOS!
Eu por enquanto digo que não o faço, mas não sei se daqui a 10/20/30 anos - caso precise, se o faço ou não!
Faz parte de mim, da vizinha, do actor famoso, do cantor famoso, do avó do pai da tia, ser falso quando necessita de o ser!

Tu não és falsa, para mim nunca foste, a atitude que tomaste quando acabámos merece uma menção honrosa, eu sinceramente não sei se tinha coragem para te dizer a ti, o que tu me disseste a mim, tu gostas de guardar as coisas para não magoares as pessoas enquanto elas te magoam.
Tu sentes-te triste com certas atitudes que elas têm perante ti, com certas coisas que te dizem sem nunca pensar se te devem dizer isso ou não, simplesmente cingem-se a mandar-te à cara o que pensam que queres ouvir, quando na verdade só te estão a rebaixar, ou a desmoralizar, ou então a tentar dar volta à razão - que é tua.

Não me quero estar a repetir, tu sabes que te adoro e sabes que estou aqui (e isto não é conversa fiada) - És a minha melhor amiga, e uma certeza te dou, serás para sempre uma pessoa que me vai ficar marcada por tudo o que passei contigo, e espero passar por muitas coisas contigo - boas ou más não importa, o que importa é que a nossa amizade embora já tenha passado por algumas fases 'más' persistimos sempre em ficar amigos, poucos se podem orgulhar disso!

Para ti Joana.

segunda-feira

Aqueles dias..

Sabem aqueles dias em que se sentem sós? Aqueles dias em que parece que ninguem nos dá o valor que pensamos que merecemos, aqueles dias em que julgamos que existe uma conspiração para nos fazer sentir em baixo?
Hoje estou num desses dias, sinto-me deprimido, se calhar um pouco abatido porque parece que ninguem me fala, porque parece que ninguem me quer falar, porque parece.. apenas parece, mas não será a solidão (por vezes) um sentimento distorcido?

Sim "distorcido" - Nós temos a capacidade de distorcer a realidade que nos rodeia, citando Anais Nin: "Não vemos as coisas como são, vemo-las como somos" - e no que estou a tentar dizer esta frase aplica-se muito bem.

É só isto por hoje, sem cabeça para mais..

quinta-feira

O Problema sou eu!


Sentes repugnância por ti mesmo, é bom que sintas.
De um momento para o outro afastaste duas das coisas que mais amavas, foste infantil e inracional, agiste como alguem completamente imaturo.
Não avaliaste bem a situação, e consequentemente só fizeste merda.
Depois de tudo o que eu já te disse, e depois de tudo aqui que já escreveste, começas seriamente a pensar que não são as outras pessoas que estão erradas mas sim tu.
Perdeste por completo a tua capacidade de raciocinio, não gostaste de certos actos ou palavras, mas não era caso para fazer o que fizeste.
Estás arrependido, mas isso agora não te vai valer de nada, fizeste o que não devias e agora vais arcar com as consequências.
Sinceramente, acho muito bem o ódio pessoal que estás a sentir, e a raiva pelas atitudes que tomaste, não foste quem és, foste estúpido, foste tudo aquilo que não és.
Como é que pudeste fazer uma coisa destas?
Agora vais ficar minutos, horas, dias, semanas, meses, a pensar no que fizeste, não negas o que fizeste, mas tens medo de o assumir porque não acreditas tê-lo feito.
Insensivel, porco, imaturo, inconsciente, infantil, és tudo menos Santo!
Sabes que as consequências vão ser enormes, sabes que nunca mais te vão ver da mesma forma, que nunca mais te vão falar da mesma forma, sabes que nunca mais vai ser da mesma maneira, por mais que tentes mudar o que fizeste.
Os teus actos começam a tornar-se patéticos pela ignorância com que os praticas, estás neste momento numa posição onde nunca esperaste estar, mas a culpa é tua, e vais ter que arcar com essa culpa até ao fim.
Os ponteiros não rodam no sentido inverso, amanhã o que fizeste será passado, o pior é que vais viver com isso no presente e no futuro.
Tu queres gritar bem alto "DESCULPEM!" - mas não te sentes capaz, tens vergonha de olhar para as suas caras porque te lembras do que fizeste, tens medo da resposta, da reacção, tens medo de te aperceberes do que fizeste.
Diz o ditado "Mais vale um pássaro na mão do que dois a voar" - quando agora olhas para a tua mão, apenas vês a palma, os pássaros voaram porque tu abriste a gaiola!

Agora pára, já chega de te massacrares, por mais que escrevas ou tentes justificar-te será em vão, porque o sentimento que ambos os pássaros estão a sentir, só será ultrapassado com o tempo, e o tempo é demoroso, e pode ser um longo caminho até teres o perdão de ambos os pássaros, não te esqueças que eles voam e continuam em liberdade, e a única coisa que tu tens neste momento é uma gaiola vazia..
É como te sentes - vazio - e tu sabes muito bem o quanto o cantar dos pássaros te alegravam os dias, e como pequenos minutos passados a ouvir o seu canto obrigavam os teus lábios a esboçar um sorriso.

Tu poderias continuar a escrever, mas sabes muito bem que todas as palavras que aqui estão vão ter o mesmo significado: Desculpem, Desiludi-vos..!


* Só damos verdadeiro valor aos pássaros quando os vemos voar *


(desenho: http://www.andreflaviorocha.blogspot.com/)

quarta-feira

Esta é para ti..

Esta é para ti, embora eu te queira dar mais, por enquanto só te posso dar um pouco da minha escrita..

Tu és inestimável, vales muito mais do que várias pessoas que conheço.
Adoro-te pela tua sinceridade, pelo teu sentido de humor, mas acima de tudo o que gosto mais em ti é o teu sorriso, por isso gosto tanto de te fazer rir.
Sinto-me bem quando estou contigo, fazes-me bem sabes?
Acima de tudo fascinas-me, a tua personalidade fascina-me, a forma como pensas fascina-me, isto porque sinto que contigo posso falar de tudo, tu compreendes-me, tu sabes o que sinto, sabes quem sou, conheces-me, e eu conheço-te sei quem és e compreendo-te, pondo isto de uma forma mais simplificada, tu és eu, eu sou tu.
O sentimento que surge cada vez que penso em ti, tento muitas vezes tentar defini-lo, mas não consigo, é único, é puro, és tu..
Embora não estejamos juntos muitas vezes, das poucas que tivemos tocaste-me de uma maneira especial, não me tocaste apenas nos sentimentos, tocaste num sitio que pouca gente toca, tocaste-me na alma, és especial, e eu não me arrependo de te ter aberto a minha alma, porque tudo o que me tens dado até aqui - os sentimentos, as palavras, os olhares - têm-me fortalecido e abastecido a alma com amor.
Para que percebas, és um pilar na minha vida, e embora tente não consido definir o que sinto por ti, és no minímo um sinal de que a vida tem sentido, porque são pessoas como tu que me dão forças para acordar todos os dias e pensar "é bom viver tendo amigos assim"

Amor amigo, Amo-te!