quarta-feira

Estereotipos


Estereotipos! E para quê?

Quero falar sobre um tema que se calhar muitos ainda não se aperçeberam, ou nem sequer fazem a mínima ideia do que estou a falar, vou falar sobre o estereótipo social que temos hoje em dia. Hoje em dia existe um conceito pré-concebido de como devemos ser, é-nos mostrado pelas revistas, pela televisão, e se não seguirmos o que nos pedem somos automáticamente postos de parte. Isso é provávelmente uma das razões pela qual muitos jovens hoje em dia têm depressões, porque lhes é exigido muito, não em relação aos estudos mas sim em relação ao aspecto físico, e físico apenas. Muitas vezes nos dizem que o aspecto físico não é a única coisa que interessa, mas subconscientemente se uma pessoa não se encaixar no estereótipo exigido, é posta de parte, e esse tipo de exclusão social por parte dos amigos e das restantes pessoas faz com que uma pessoa "não-estereótipada" se sinta posta de parte, o que poderá posteriormente tornar-se numa depressão. Essa pessoa começa a pensar "serei assim tão feio\a?" - "porque me põem de parte?" ! Enquanto isso ao invés de se tentar integrar vai tendo pensamentos como: "eles que mudem!" ou "de que vale a pena mudar, se nunca irei ser igual a X ou a C?" Logo essa pessoa refugia-se no seu pequeno mundo, pensado cada vez mais no mesmo assunto, até que apareçem as primeiras lágrimas, mas quanto mais pensa mais tenta não pensar (em vão) porque cada vez vai pensado mais no mesmo, e cada vez mais se vai refugiando em casa, longe dos "amigos", da familia, e de si mesmo. Depois é sempre dificil explicar isto a um "adulto" porque ele não nos vai compreender e vai dizer o que nós queremos ouvir e não aquilo que deviamos ouvir. É sempre dificil sairmos da exclusão social que nos foi posta, com alguns comentários, e que nós a fomos agravando como que uma bola de neve, até que pensamos "Porquê? Porque tenho que ser como querem que seja e não posso ser como eu quero que seja? Porque tenho que seguir o que me pedem, e não posso seguir o que quero?" Se conseguirmos seguir estes pensamentos e tornarmo-nos independentes das opiniões dos outros, e seguirmos simplesmente a nossa própria personalidade e a nossa maneira de ser, há de ser mais fácil para os outros aceitarem-nos como somos, e não como eles esperam que sejamos, porque apesar de tudo, todos temos os nosso pequenos problemas com o nosso corpo e com a nossa maneira de ser e como queremos que as outras pessoas nos vejam, e antes de conhecermos alguém os pensamentos que temos sobre a primeira impressão que a outra pessoa pessoa teve sobre nós ("será que correu bem?" - "será que ele\a gostou e mim"?) , são idênticos á da outra pessoa. Por isso é escusado começarem a fumar para se integrarem em algum grupo de amigos, porque se eles fossem mesmo nossos amigos, iriam dizer para não fumarmos! É escusado vestirmo-nos de certa forma para impressionarmos seja quem fôr, porque o melhor da vida fazêmos sem roupa! Por isso é escusado tornares-te em algo que não és, para poderes te integrar seja onde fôr, a tua personalidade, tal como tu são duas coisas únicas, e isso é sufeciente para seres aceite em qualquer parte do planeta!

Sem comentários: